Nota – alerta Rio Doce


5 fev/2018

Os Comitês da Bacia Hidrográfica do Rio Doce têm acompanhado o monitoramento do nível do Rio Doce junto à Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais – Serviço Geológico do Brasil (CPRM), considerando o alto índice pluviométrico registrado nos últimos dias. Apesar do grande volume de chuva, inicialmente não há risco de inundação, de acordo com informações disponibilizadas no último boletim de monitoramento do SACE*, divulgado às 8h desta segunda-feira.

Clique aqui e confira o documento completo.

Em Governador Valadares, único ponto da bacia em estado de alerta, a previsão é de que, até as 13h desta segunda-feira, 5 de fevereiro, o manancial atinja a marca de 330m – inferior ao nível de inundação, de 360m. No período da tarde, a tendência é de que o nível do Rio Doce se estabilize e, posteriormente, caia. Nos demais pontos de monitoramento, os níveis dos rios e as previsões apresentam valores abaixo da cota de atenção, não apresentando, neste caso, risco de inundação.

No Espírito Santo, segundo alerta emitido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), há previsão de chuvas intensas, acompanhadas de rajadas de vento que podem variar de 60km/h a 100km/h.

Apesar de inicialmente não haver risco de inundação, é essencial que a população acompanhe os boletins de monitoramento para evitar prejuízos materiais e perdas humanas. Também é importante lembrar que a comunidade deve estar atenta ao risco de afogamentos, potencializado em função do aumento da força das águas.

*SACE

O Sistema de Alerta de Eventos Críticos (SACE), desenvolvido pela CPRM, é uma ferramenta de caráter preventivo, capaz de coletar, armazenar, analisar e divulgar os dados das estações automáticas captados por diversos equipamentos hidrometeorológicos. O SACE tem como objetivo melhorar a convivência das comunidades com eventos como as cheias e a estiagem, a partir da divulgação de boletins e relatórios.


Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário