Período de estiagem é tema da quarta reunião da Câmara Técnica de Gestão de Eventos Críticos (CTGEC) do CBH-Doce


23 mar/2015

DSC02692

Governador Valadares foi sede da quarta reunião da Câmara Técnica de Gestão de Eventos Críticos (CTGEC) do CBH-Doce. O encontro, que foi realizado no dia 20 de março, na sede da Agência de Água do Comitê – IBIO-AGB Doce, reuniu conselheiros da Câmara e representantes dos órgãos gestores para tratar de assuntos referente à estiagem e à gestão de recursos hídricos.

O início da reunião foi marcado pela apresentação da gerente de Monitoramento Hidrometeorológico e Eventos Críticos do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), Jeane Dantas, sobre o atual cenário hídrico na Bacia do Doce. “Observamos que as chuvas ocorridas durante as duas últimas estações chuvosas e a presente estiveram com valores abaixo da média climatológica para o período na Bacia do Rio Doce; fato que não resolverá o déficit já existente”, pontuou.

O especialista em recursos hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), coordenador do Grupo de Trabalho de Cianobactérias e membro da CTGEC, Ney Murtha, explicou que algumas cidades da bacia poderão enfrentar problemas ainda mais graves em 2015 dos que os registrados no último período de estiagem.

Na ocasião, foi colocada em pauta a Deliberação Normativa do Conselho Estadual de Recursos Hídricos de Minas Gerais (CERH), aprovada no dia 16 de março, e que ainda será publicada. O documento estabelece as restrições em caso de escassez, propõe a criação de um Plano Emergencial de  Controle de Qualidade e Quantidade de Recursos Hídricos e ainda aponta medidas de restrição de recurso hídrico na bacia hidrográfica.

Como encaminhamento, ficou estabelecido que será feita uma busca de informações na Agência Nacional de Águas (ANA) para definir quem estabelecerá as diretrizes de declaração de alerta, escassez e restrição de uso no rio Doce, além de nota técnica a ser emitida por este órgão gestor de recursos hídricos sobre a estiagem na bacia do rio Doce. Também foi proposto a articulação da CTGEC junto à Diretoria do CBH-Doce para a coleta de dados para intermediar o diálogo entre usuários, comunidade e órgãos gestores.


Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário