Programa de recomposição de APPs e nascentes chega à Bacia do Rio Santo Antônio


6 jul/2015

Assinatura de termo de compromisso entre CBH-Santo Antônio e prefeituras, por intermédio do IBIO-AGB Doce, marca início da implantação do programa na bacia

Membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Santo Antônio (CBH-Santo Antônio) se reunirão, em Itabira, com representantes dos municípios de Dom Joaquim, Dores de Guanhães, Ferros, Santo Antônio do Rio Abaixo, Morro do Pilar, Senhora do Porto e Itambé do Mato Dentro para assinatura do termo de compromisso para implantação do Programa de Recomposição de APPs e Nascentes – P52. No encontro, além da assinatura do documento, os municípios terão informações sobre o funcionamento do programa, que está sendo desenvolvido na bacia pelo CBH-Santo Antônio, por intermédio do IBIO-AGB Doce – entidade delegatária e equiparada às funções de agência de água na Bacia do Rio Doce – , através da utilização do recurso oriundo da cobrança pelo uso da água. A solenidade será realizada no dia 7 de julho, às 14h, no Parque Municipal do Intelecto, que fica na rua Gerson Guerra, nº 162, no bairro Santo Antônio.

 Programa de Recomposição de APPs e Nascentes

Com foco na melhoria da qualidade e quantidade de água na bacia, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Santo Antônio desenvolve o Programa de Recomposição de APPs e nascentes, o P52. Através do levantamento de áreas críticas e prioritárias, é feita a recomposição ou adensamento de matas ciliares e de topos de moro, além da caracterização e recuperação de nascentes e áreas degradadas. A primeira etapa do programa na Bacia do Rio Santo Antônio será marcada pelo isolamento de nascentes.


Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS dos comentários deste post TrackBack URL

Deixe um comentário